No verão tem aqueles dias que dá aquela vontade de morar na frente do ar condicionado. Porém, não podemos esquecer que, apesar de a sensação geladinha ser compensadora, devemos tomar alguns cuidados para que este hábito não afete, além da nossa saúde, nossa beleza. Afinal, no calor queremos estar refrescadas e bem cuidadas!

Para diminuir a temperatura do ambiente, o ar condicionado suga o ar e retira sua umidade, o que favorece o ressecamento da pele, dos cabelos e das unhas. A seguir, os principais efeitos de seu uso prolongado e como se proteger dos mesmo:

Pele

A pele de quem fica exposto continuamente ao ar condicionado pode ficar extra seca, sem brilho e começar coçar, agravando problemas de pele como rosácea (manchas avermelhadas no rosto, desencadeadas também por calor demais), psoríase e dermatite seborreica (a popular caspa, que pode dar nos cabelos e nas sobrancelhas).

Para prevenir, os cuidados devem começar no banho, que devem ser breves e não muito quentes. A dica é usar um sabonete hidratante, que ajuda a manter a camada de gordura natural da pele, grande aliada na proteção contra o ressecamento. Por isso, evite tomar mais de um banho por dia. E, mesmo assim, não esqueça de passar um hidratante depois, reforçando a proteção.

Após a limpeza do rosto com creme ou gel de limpeza, usar creme de hidratação facial à noite e pela manhã, sempre com produtos do tipo mais de adequado a sua pele.

Cabelos

Os cabelos tendem a ficar secos e quebradiços após exposição prolongada ao ar condicionado, tornando-se opacos, pouco maleáveis e com pontas duplas.

Evite prendê-los quando estiver com o aparelho ligado, para não favorecer a quebra. Após lavar e condicionar, use também condicionadores sem enxague (leave-ins) com agentes protetores que combatam o ressecamento e faça hidratações, no mínimo uma vez por semana.

Unhas

As unhas ficam fragilizadas devido ao ar ressecado, podendo quebrar e descamar com facilidade, já que a causa principal de unhas quebradiças é o ressecamento extremo da unha.

Uma maneira de combater esses efeitos é sempre usar um creme hidratante para mãos e unhas e investir em uma base fortalecedora. Também deve haver cuidado na hora de lavar as mãos, limitando a quantidade de sabão utilizado, assim como o tempo de exposição de suas unhas à água. O uso de sabonetes suaves, hidratantes, pode ser de grande auxílio.

08/02/2017

Cosméticos e produtos de beleza não faltam para nos auxiliar a manter a pele sempre bem tratada e bonita. Porém, justamente pela variedade e múltiplas funções, muitas vezes optamos por usar mais de deles de cada vez. E agora? Dá para usar tudo ao mesmo tempo e mesmo assim obter o melhor do resultado de cada um deles, sem ficar com a pele pesada?

Claro! É só seguir sempre a ordem correta de aplicação, sobre a qual irei falar agora.

ordem-certa-aplicacao-cosmeticos-produtos-de-beleza-rosto-02

Cada produto tem textura, peso e densidade diferentes, sem falar dos objetivos distintos. Isto faz toda diferença na hora de elencar a ordem de utilização de uma maneira inteligente.

Basicamente, a ordem ideal sempre vai do produto mais leve e de rápida absorção para o mais denso. Exemplificando, a rotina diária de aplicação de cosméticos no rosto ficaria assim então:

ordem-certa-aplicacao-cosmeticos-produtos-de-beleza-rosto-01

  1. Sabonete ou gel de limpeza: é bem óbvio que sempre devemos começar nossa rotina de beleza com a pele bem limpa. Não há muitos segredos neste passo, é só escolher o produto que se adeque melhor ao seu tipo de pele.
  2. Tônico ou Adstringente: após a lavagem, os tônicos tem o poder não só de limpar os poros e remover resíduos de maneira mais profunda, mas também o importante papel de reequilibrar o pH da pele, preparando-a para os próximos passos. Os adstringentes, além de tonificar, têm em sua fórmula ingredientes que ajudam a controlar a oleosidade da pele.
  3. Sérum: devemos priorizar os sérums na ordem de aplicação dos cosméticos faciais pois, por causa de sua textura e leveza, esses produtos são absorvidos de maneira mais rápida pela pele, entregando uma alta concentração de ingredientes ativos de maneira mais eficaz do que os restantes. E, geralmente, em peles mais jovens, ainda cumprem a tarefa de hidratar. Se não for o caso, use o sérum sempre antes do hidratante. E caso deseje utilizar mais de um sérum com funções distintas, opte sempre por começar pelo mais leve e de rápida absorção.
  4. Vitamina C: é super importante complementar a rotina de cuidados faciais com produtos à base de vitamina C, devido às propriedades antioxidantes. A substância é essencial para o funcionamento da pele, protegendo contra os estragos da oxidação causada pelos radicais livres e promovendo a produção de colágeno.
  5. Protetor Solar: o uso diário de filtro solar é indispensável para proteger a pele do fotoenvelhecimento e outros efeitos nocivos causados pelo Sol. Deve ser aplicado por último, pelo seu poder bloqueador e textura mais densa. Sua presença na pele antes de qualquer outro dermocosmético prejudicará e até impedirá a absorção do mesmo.

Gosto de filtro solares com toque seco, pois deixam a pele com uma textura matificada ideal para receber a maquiagem, ainda mais no meu caso, em que tenho a pele bem oleosa.

Acima simulei uma rotina de cuidados diários para uma pele normal, mas sempre é importante escolher produtos com propriedades adequadas e benéficas ao seu tipo de pele, mesmo porque é essa atitude que garantirá que esses vários cosméticos usados ao mesmo tempo não pesem na pele.

Ontem fui ao evento de lançamento do desodorante antitranspirante Garnier Bí-O OdorBlock 2, que promete não só bloquear o odor na pele, mas também a transferência de odor para a roupa.

gostei-e-agora-desodorante-garnier-bi-o-odorblock-2-01

Fiquei super interessada por este novo produto pois já sou usuária assídua da marca, pois (confesso!) é o único desodorante que realmente é eficaz em mim. Tenho até vergonha de falar, mas as outras marcas não seguram a questão do odor em mim ao longo do dia, somente com os da Garnier fico cheirosa da manhã até a noite, no inverno ou no verão.

Não fazia ideia do motivo disso acontecer, mas descobri ontem que a linha de antitranspirantes da Garnier usa um ingrediente diferente em sua composição em relação as outras marcas: mineralite no lugar do talco. Este mineral (cujo nome verdadeiro é perlite) é bem mais leve e fininho e tem poder de absorção 5 vezes maior que o talco, o que pude comprovar em experimento realizado no evento:

talco-x-perlite-mineralite

Colocadas ao mesmo tempo sobre um algodão úmido, na mesma quantidade de peso, a perlite (mineralite) absorve muito mais rapidamente e com facilidade o líquido, em relação à performance do talco, o que pode ser observado pela presença do corante. Na nossa pele, isso acontece com o suor.

gostei-e-agora-desodorante-garnier-bi-o-odorblock-2-02

No entanto, a mineralite está presente em toda linha Garnier. Qual o diferença do OdorBlock2 então para as outras versões?

Ele possui extrato de moringa, um forte bactericida natural, usando inclusive para purificar água na África, eliminando 99,9% das bactérias existentes. Como o que causa o mau odor na axilas é a proliferação das bactérias, as propriedades de toque seco (antiumidade) e antibacteriana do Garnier Bí-O OdorBlock2 acabam com o problema, evitando também que as bactérias se transfiram para as roupas e se fixem no tecido.