Estou obcecada por tons terrosos. E, quem me conhece sabe: sempre que não tiro uma coisa da cabeça, gosto de transferi-la para as unhas.

gostei-e-agora-unha-francesinha-metalizada-tons-terrosos-impala-camelo-risque-my-precious-03

gostei-e-agora-unha-francesinha-metalizada-tons-terrosos-impala-camelo-risque-my-precious-02

Queria muito usar uma tonalidade que remetesse ao tom de cerâmica, como o desse blusa que usei aqui. Recorri ao tom Camelo, da Impala, lançado há alguns anos…

gostei-e-agora-unha-francesinha-metalizada-tons-terrosos-impala-camelo-risque-my-precious-01

No entanto, não usei o Impala Camelo sozinho. Como ele é um pouco mais amarelado do que o que eu buscava, então, para reforçar a nuance avermelhada, por baixo passei o Impala Me Beija, um vermelho terroso mais puxado para o telha.

Nas pontas das unhas, fazendo a francesinha metalizada, o esmalte My Precious Risqué Gold Metals, acobreado, em tom tão terroso o quanto!

gostei-e-agora-unha-francesinha-metalizada-tons-terrosos-impala-camelo-risque-my-precious-04

Gostei bastante do resultado. Dessa maneira, variei nas cores de sempre e consegui um visual bem atual.

E você, também está amando os tons terrosos? Usaria nas unhas?

Depois do lob e do wob, já tem outro corte de cabelo despontando como o queridinho da vez. Falando em despontar, esse termo é bem propício…

gostei-e-agora-swag-hair-shag

O estilo foi apelidado de swag e é a cara dos Anos 70. Uns dizem que é uma versão repaginada e com mais “swing” (balanço) do shag hair, típico da época. Outros já dizem que é o próprio e inclusive o denominam do mesmo jeito. O que importa é que é um autêntico cabelo de rockstar!

O swag hair tem mechas desconectadas e uma franja curta e repicada com cara de crescida, que chega quase a esconder o olho. A graça é usá-lo bagunçadinho e bem texturizado, com aparência e volume de que secou naturalmente ao vento. Aí é que está uma grande diferença em relação aos estilos que bombaram anteriormente, como wavy bob: no caso do swag hair, até a franja entra nesta, sendo usada cacheada ou ondulada.

gostei-e-agora-swag-hair-shag-01

Será essa uma a oportunidade perfeita para as meninas de cabelo enrolados que sempre amaram usar franja curta se livrarem de vez da escova e do secador? Tentador! Aliás, o swag hair é a prova definitiva que franja em cabelo ondulado ou cacheado combina sim! E fica super moderno e estiloso.

Apesar do curto e do médio terem a cara da temporada, os longos também podem aderir ao swag, com algumas adaptações no corte.

Embora possa parecer um cabelo que exige zero esforço, é imprescindível o uso de finalizadores. A escolha do produto vai depender da textura natural dos seus fios, já que os ondulados e cacheados só precisam de mais definição e volume na medida certa, enquanto os lisos precisarão ser modelados e conquistar mais volume. Em todos os casos, é importante levantar a raiz com o secador utilizando algum volumizador, mesmo que sua intenção seja deixar o cabelo secar ao natural.

No caso de ter cabelos originalmente ondulados, os sprays de beach waves são uma boa pedida para texturizar! Já quem tem as madeixas cacheadas deve usar produtos que modelem e definam os cachos sem pesar, pois movimento e balanço são essenciais no estilo.

Swag hair inspira liberdade e personalidade, mas pode extrapolar as barreiras da rebeldia para alguns. Gosto da ideia, mas o que me assusta mais é cortar a franja curta novamente e deixar secá-la ao natural. Digo isso pois, dona de fios naturalmente ondulados (que enrolam nas pontas), foi difícil abrir mão da escova, só consegui quando deixei a franja crescer, como está atualmente. Se não fizesse isso, meu cabelo era swag na certa, sem tirar nem por – e eu achava super estranho (apesar de me divertir na frente do espelho, brincando de “Anos 70”). Por isso, fico em dúvida e curiosa para saber se me adaptaria agora uma franja curta cacheada bem no meio do meu rosto. Quem sabe…

Você curte?

Pronto! Vou postar o que me chamou mais atenção no Preview do Verão 2012 da Renner no quesito “Roupas”. Deixarei os acessórios para outro post, pois é muita coisa boa para postar ao mesmo tempo, hehehe!

Mais uma vez, a Renner parece ter trazido às mãos das brasileiras todas aquelas tendêncinhas que vemos nos lookbooks das mais conhecidas lojas e redes do exterior. Então, para começar, isso significa muito, (muito!) Color Blocking, por meio de uma cartela de cores predominantemente vibrante: azul Klein (Royal, te amo!), laranja, vermelho, verde esmeralda e pink.

O preço do blazer vermelho é R$ 129,00. Eu quero!


Calças coloridas! Para quem está afim de Pink Pants, aí está uma boa opção, por R$ 69,90 (assim como a lilás… a laranja custará R$ 79,90).

Listras Coloridas também irão aparecer aos montes na coleção, com larguras, cores e orientações diferentes, bem como o próximo verão pede! O preço da regata é R$ 49,90 e do vestido longo R$ 99,90.

O branco está bem forte na coleção, principalmente para compor looks “branco total”.

Para quem prefere um verão mais sóbrio, acima opções no tradicional estilo navy.

E a estampa de cobra não poderia ter ficado de fora da coleção! A bata custará R$ 59,90 e a legging R$ 49,90.

E se o negócio é se produzir, animal prints, rendas e paetês não faltarão!

O blazer da esquerda sai por R$ 159,00 e o vestido de franjas por R$ 129, 00.

A sainha fofíssima custa R$ 79,90. E o melhor: apesar de não estarem expostas no preview, a coleção terá várias saias plissadas! Eba!

O lado romântico, com a Vintage Collection e suas belas rendas!

Não dá para passar batido por esses dois vestidos. O da esquerda é R$ 89,90 e o da direita *-* é R$ 159,00. Super delicados e perfeitamente acabados!

No Blue Steel, doçura aliada a uma boa dose de setentismo. Os florais continuam, de maneira bem leve e delicada.

A padronagem de xadrez da vez é a Vichy (pense em toalhas de de picnic, hehe). Bem feminino! As camisas acima custam R$ 79,90.

E os Anos Setenta são inegavelmente um dos principais focos do verão da Renner! A camisa/regata custará R$ 69,90 (muito lindinha!)

Alguém aqui falou na cor Lima? A camisa da esquerda custa R$ 59,90.

… É isso, meninas. A coleção está praticamente toda pautada em duas vertentes: o Color Block e Anos 70. Não vejo a hora de mostrar os acessórios para vocês… confesso que fiquei mais louca ainda com os acessórios do que com as roupas! Surtei!

A coleção, como sempre, irá chegando aos poucos na loja, começando a partir da segunda quinzena de julho (e o frio, hehehe?)

Comparações com a arrebatatora coleção anterior de inverno são inevitáveis. Mas gente, não dá para se comparar verão com inverno. Sempre costumo me encantar bem mais das coleções de inverno do que das de verão (e por consequência, gastar muito mais no inverno do que no verão!). É tudo mais trabalhado e elaborado. O frio pede. Mas tenho que admitir que a Renner mais uma vez mandou bem na escolha das peças, principalmente no Color Block! Está irresistível!

Também tenho que confessar que a temática que menos gosto no século XX é são os Anos 70… Pois é… Só que tenho a perfeita noção que isso é uma questão de gosto pessoal, assim como gostar mais de frio do que de calor…! Com certeza tem quem ame as roupas e o clima do verão, né? E não tem como fugir do Paz e Amor nesse verão, ele está em TODAS as coleções… ainda bem que a Renner traduziu essa influência de uma maneira bem neutra e eclética, sem muitas caricaturas. Isso irá facilitar muito a vida de pessoas com gostos similares aos meus.

Mas, de qualquer jeito, a Renner parece mesmo estar dando mãozinha amiga para nosso consumismo compulsivo de tendências, né?!

O que acharam, até agora? Já fizeram uma mini-wishlist (ou não tão mini assim)?

PS1: Já viram as fotos da locação do evento? Estava tudo lindo, vejam aqui! E dos acessórios do Verão 2012 da Renner? AMEI TUDO!

PS2: Pessoal, é com muito prazer que fui a este evento e fotografei o que achei de mais legal para mostrar para vocês. Só peço que se alguém quiser reproduzir as minhas fotos em seu blog/site, por favor, cite a fonte. Ok? É só colocar um linkezinho de volta para meu blog, não custa nada! Beijos e obrigada!