De vez em quando é bom resumir num artigo todos os erros frequentes que se fazem num make up: são pequenas mas boas dicas que podem ajudar no aperfeiçoamento da sua maquiagem! 

Os erros nos quais precisamos prestar atenção são 3, dois com referência ao corretivo e um às sobrancelhas. São erros muito comuns, por isso neste artigo iremos explicar o motivo graças à colaboração da Escola Nacional de Maquiagem. Aliás, como nos contaram os professores da ENM, os alunos de um curso de maquiagem profissional, futuros profissionais, muitas vezes cometem estes erros.

Corretivo claro demais 

Este é um dos erros que se comete comumente: não se trata somente de um erro na escolha da tonalidade certa. Muitas vezes, compramos um corretivo muito mais claro do nosso tom de pele para obter um efeito contouring e iluminar o rosto em algumas partes, como por exemplo a parte abaixo dos olhos. 

Essa técnica não é totalmente errada entretanto fica assim do momento em que a cor do corretivo é diferente demais em comparação à pele. Neste caso, você não obterá somente uma base pouco natural mas também irá evidenciar os olheiras que ficarão acizentadas. Os métodos certos para solucionar este problema são dois: primeiro escolher um corretivo de apenas meio tom mais claro, segundo escolher um corretivo da mesma cor (pois cobrirá melhor as olheiras) e depois passar um corretivo iluminador.

Sobrancelhas “altas” demais 

As sobrancelhas têm uma forte influência sobre o seu visual e sobretudo sobre seu olhar. O problema é que às vezes se exagera acentuando demais este traço, obtendo um resultado desagradável como na foto.

Para evitar cometer este erro seria bom seguir sempre a linha natural das sobrancelhas, sem aumentar muito o volume. 

Corretivo mal aplicado 

Quase sempre o instinto é aquele de cobrir exclusivamente a imperfeição, ou seja a olheira. Isso é certo se usarmos um corretivo colorido (por exemplo amarelo ou laranjado). Ao contrário, se usarmos um corretivo do tom da pele, seria melhor não se limitar a cobrir a olheira mas aplicar o produto na zona inteira.

Desenhe um triângulo, sendo a base a sua pálpebra. Isso vai servir não só para iluminar esta parte do rosto mas também para dar luz ao olhar e ao rosto inteiro. 

Gostou das dicas?

Minha maior dificuldade está em não exagerar na quantidade de corretivo e em não errar no tom. E a sua?

16/10/2019

comentários

  1. Heloisa Godioso 16/10/2019

    nossa, eu cometia todos esses, mas grazadeus me curei desse mal kkkkkk

    isso do jeito certo de aplicar o corretivo é muito comum mesmo, eu fazia um U em vez de um triângulo… a diferença é enorme!