Na hora de fazer aquela tão esperada mudança nos cabelos, sempre bate aquela dúvida: qual água oxigenada usar? No mercado, existem as versões de 10, 20, 30 e 40 volumes e – sim – escolher a volumagem é determinante para obter (ou não) o resultado desejado. Mas não se assuste! Sabendo como escolher a água oxigenada para cada caso fica fácil acertar e é isso que irei ensinar nesse post!

O que é e como funciona a água oxigenada?

Na química, verdadeiro nome da água oxigenada é Peróxido de Hidrogênio (H2O2). A substância tem o poder de abrir as escamas (cutículas) dos fios, o que permite que o pigmento da coloração ou do pó descolorante consiga penetrar no interior do cabelo e possa efetivamente modificar sua cor.

O que a volumagem (10, 20, 30 ou 40) indica é a concentração de peróxido de hidrogênio na fórmula, ou seja, o poder de ação que a água oxigenada vai ter no cabelo. Quanto maior a concentração, maior a velocidade e intensidade da ação.

Mas atenção: nem sempre grandes transformações irão exigir a volumagem mais forte de oxigenada. E é aí que mora o perigo! Tudo depende da tonalidade que seu cabelo está no momento e de qual é seu objetivo: clarear ou escurecer. Uma dica: clarear normalmente exige muito mais do que escurecer, mesmo que seja pouco!

Agora vamos ao ponto: qual a diferença na prática e para o que serve cada água oxigenada?

Ox de 10 (3% de Peróxido de Hidrogênio)

É a mais fraca de todas, indicada para mudanças bem sutis e procedimentos que demandam baixo poder de penetração, como realizar banhos de brilho em cabelos desbotados, tonalizar, matizar ou escurecer levemente os fios.

Como abre pouco as escamas, não tem poder de clareamento, nem de remover os pigmentos atuais. Pelo mesmo motivo, é a que menos danifica o cabelo.

Não é utilizada com colorações permanentes, só com tonalizante. E mesmo para realizar clareamentos leves, melhor optar pela oxigenada de 20 volumes.

Ox de 20 (6% de Peróxido de Hidrogênio)

Esta concentração permite abrir as cutículas o suficiente para cobrir fios brancos e grisalhos e modificar reflexos, além de ser a melhor escolha na hora de escurecer os fios.

Tem poder de clarear os fios em até 2 tons, sendo muito utilizada nas colorações que vão do preto (1.0) ao louro escuro (6.0), numa gama de tonalidades de escuras a médias, que não necessitam de um grau de clareamento tão intenso para fixarem nas madeixas

Caso queira entender melhor a numeração das tinturas, está tudo explicado aqui.

Atenção: na maioria dos cabelos castanho naturais, essa volumagem não é suficiente para que o cabelo atinja o grau de clareamento necessário no caso de se buscar tons de loiro mais claros, sem deixar reflexos alaranjados (veja aqui como neutralizar reflexos indesejados). Neste caso, melhor optar pela de 30 volumes.

Continue lendo >>

Cabelo colorido está com tudo… e mais um jeito diferente de usá-lo está chamando a atenção ultimamente: só a raiz colorida.

O arco-íris localizado é um hit, seja feito de maneira mais pronunciada ou, digamos, discreta (se é que dá para ser discreto com um arco-íris na cabeça, hehehe!). O fato é que, se já fica lindo no cabelo solto, nos penteados que deixam a raiz aparente o resultado é ainda mais encantador!

O efeito funciona tanto nos cabelos platinados quanto nos escuros, sendo possível nesse caso preservar a maioria do cabelo natural, descolorindo somente a raiz.

Sem falar que o estilo é uma ótima opção para quem quer disfarçar a raiz do cabelo descolorido já crescida ou amarelada, quando utilizadas tonalidades mais escuras com efeito esfumado, como nos casos abaixo:

Continue lendo >>

Para quem tem ou almeja ter cabelos platinados, bem branquinhos, o maior pesadelo são os reflexos amarelados. Na tentativa de sumir com eles ou amenizá-los, com o uso de matizadores e desamareladores, a segunda pior situação pode acontecer: cabelos manchados de roxo.

Neste post, a dica vai para quem tem aquele cabelo descolorido ao extremo, loiro hiper mega claríssimo, que fica com mechas roxas só de pensar em matizador (por mais diluído que esteja).

Descobri algumas opções que conseguem de fato neutralizar o amarelo dos fios sem manchá-los de roxo nem desperdiçar dinheiro. Lá vai:

Cicatri Mask Banho de Prata Lé Charme’s

O segredo dessa máscara da Lé Charme’s é ser de fato acinzentada (puxando bem levemente para o roxo). Dessa maneira, não tem perigo do cabelo ficar roxo, pois o reflexo prata predomina. O tempo de ação recomendado é de 3 e 10 minutos, sendo que quanto mais tempo ficar, mais prateado seu cabelo ficará. Para cabelos bem branquinhos, melhor deixar por um período mais próximo ou até menor que o mínimo (tipo, passar e já tirar) para não acabar com os fios muito acinzentados e/ou temporariamente escurecidos.

A Lé Charme’s tem excelentes máscaras matinadoras (Intensy Color), daquelas bem roxinhas, porém elas tendem a deixar o cabelo que está bem clarinho ou poroso roxo muito rapidamente e com facilidade. É preciso tomar muito cuidado na utilização, tanto no quesito tempo quanto no diluição. Por isso, ainda prefiro a Cicatriz Mask Prata, que é mais acinzentada do que roxa.

Continue lendo >>