Ontem rolou o preview Renner Inverno 2018, no Espaço JK, em São Paulo. Com formato diferente das edições anteriores, em que uma infinidade de peças da nova coleção ficavam expostas para serem tocadas e fotografadas, agora o evento é mais restrito, no formato de desfile.

Mesmo assim, ainda dá para mostrar bem a cara do inverno da marca. Para isso, utilizarei fotos do desfile e mais algumas que fiz das minhas peças favoritas, na própria loja. Lá vai:

Começo logo com esse look lindo do conjuntinho em alfaiataria e a bota over the knee vermelha de verniz. Ele resume bem algumas das tendência mais promissoras da temporada: alfaiataria descontruida, xadrez príncipe de gales, calçados em verniz e com detalhes emprestados do universo esportivo.

Branco, preto, vermelho e cinza sem dúvida são as cores do momento e continuarão sendo destaque no próximo inverno.

O universo esportivo, já presente na moda do dia a dia, aparentemente agora terá seu momento de ouro, com suas características listras, materiais e modelagem, sendo várias vezes mixado com outras vertentes, como alfaiataria e peças delicadas.

Além do príncipe de gales, outras padronagens de xadrez estão em evidência, como o tartã, o checkerboard, o vichy, pied de poupe e o windowpane.

Os recortes são os detalhes da vez, em vestidos, maiôs, calçado e, agora, inclusive nos jeans. O modelo que promete ser hit é o cut out pocket jeans, ou simplesmente o jeans com bolso vazado.

Os recortes estrategicamente localizados criam um visual instigante, propício para deixar a mostra outros elementos interessantes, como meia-calça arrastão, body transparentes e até aquelas calcinhas com elástico personalizado, no estilo Calvin Klein.

Inusitado e simplesmente maravilhoso, né? Tanto em calças quanto em shorts!

Eita! Mas quantos termos em inglês no título desse post! Mas não teve jeito, os elementos que utilizei na composição ficaram mais conhecidos por esses nomes… Ah! Já mostro o look e aproveito pra mostrar também o meu pixie hair pela primeira vez aqui no blog!

Vinyl pants! Quem diria que um dia ainda iria usar as calças da Mulher Gato? E o melhor: que elas estariam tão em alta na moda?

Eu só tenho a agradecer, pois sempre morri de vontade de usar calças de vinil. Essas são da Renner.

Falando em vontade, outra que matei foi a de usar cabelos curtíssimos raspados com máquina, no estilo pixie! Ensaiei a vida toda, mas agora que estou platinada recebi o chamado e só tenho algo a dizer: porque esperei tanto?

É muito pratico de arrumar (e desarrumar), só dá trabalho o fato de ter que cortar toda hora (cresce muito rápido) e por isso tem refazer a cor com mais frequência (em um corte o platinado da lateral vai embora).