A liberdade está em alta e 2021 é o ano ideal para quem quer apostar nos estilos mais ousados.

Quer saber quais as tendências de cortes de cabelo que mais se destacam em 2021? Então vamos lá:

Blunt bob cut

O comprimento bob, de curto a médio, (para as das mais antigas, chanel) ganha um toque audacioso ao parecer ter sido cortado com uma régua, totalmente reto. Aliás, muitas vezes é utilizada a máquina para obter o efeito brusco e minimalista do corte.

No cabelo liso e chapado, de aspecto pesado, essa tendência também recebe o nome de glass hair, por causa do brilho espelhado.

Franja cacheada

Não só de lisos se fazem as tendências de cabelos para 2021. Pelo contrário: o movimento e a textura estão com tudo e são os verdadeiros protagonistas da temporada.

Se a ideia de cortar franja curta em cabelos ondulados e cacheados já pareceu uma loucura, agora é o que tem de mais estiloso momento. O ar jovem e descolado que o visual proporciona remete aos anos 80. Super cool!

Para estilizar sua franja, é só replicar a técnica de sua preferência, a mesma que você já utiliza em suas curvas – afinal, você conhece seus cachos melhor que ninguém!

Mullet

Mullets já foram motivo de chacota e super ultrapassados, mas agora são sinônimo de sofisticação. O corte em camadas, mais curto na frente e comprido na parte de trás, é cheio de personalidade e combina com qualquer textura de cabelo. Glam-rock total!

Continue lendo >>

Estou obcecada por tons terrosos. E, quem me conhece sabe: sempre que não tiro uma coisa da cabeça, gosto de transferi-la para as unhas.

gostei-e-agora-unha-francesinha-metalizada-tons-terrosos-impala-camelo-risque-my-precious-03

gostei-e-agora-unha-francesinha-metalizada-tons-terrosos-impala-camelo-risque-my-precious-02

Queria muito usar uma tonalidade que remetesse ao tom de cerâmica, como o desse blusa que usei aqui. Recorri ao tom Camelo, da Impala, lançado há alguns anos…

gostei-e-agora-unha-francesinha-metalizada-tons-terrosos-impala-camelo-risque-my-precious-01

No entanto, não usei o Impala Camelo sozinho. Como ele é um pouco mais amarelado do que o que eu buscava, então, para reforçar a nuance avermelhada, por baixo passei o Impala Me Beija, um vermelho terroso mais puxado para o telha.

Nas pontas das unhas, fazendo a francesinha metalizada, o esmalte My Precious Risqué Gold Metals, acobreado, em tom tão terroso o quanto!

gostei-e-agora-unha-francesinha-metalizada-tons-terrosos-impala-camelo-risque-my-precious-04

Gostei bastante do resultado. Dessa maneira, variei nas cores de sempre e consegui um visual bem atual.

E você, também está amando os tons terrosos? Usaria nas unhas?

Depois do lob e do wob, já tem outro corte de cabelo despontando como o queridinho da vez. Falando em despontar, esse termo é bem propício…

gostei-e-agora-swag-hair-shag

O estilo foi apelidado de swag e é a cara dos Anos 70. Uns dizem que é uma versão repaginada e com mais “swing” (balanço) do shag hair, típico da época. Outros já dizem que é o próprio e inclusive o denominam do mesmo jeito. O que importa é que é um autêntico cabelo de rockstar!

O swag hair tem mechas desconectadas e uma franja curta e repicada com cara de crescida, que chega quase a esconder o olho. A graça é usá-lo bagunçadinho e bem texturizado, com aparência e volume de que secou naturalmente ao vento. Aí é que está uma grande diferença em relação aos estilos que bombaram anteriormente, como wavy bob: no caso do swag hair, até a franja entra nesta, sendo usada cacheada ou ondulada.

gostei-e-agora-swag-hair-shag-01

Será essa uma a oportunidade perfeita para as meninas de cabelo enrolados que sempre amaram usar franja curta se livrarem de vez da escova e do secador? Tentador! Aliás, o swag hair é a prova definitiva que franja em cabelo ondulado ou cacheado combina sim! E fica super moderno e estiloso.

Apesar do curto e do médio terem a cara da temporada, os longos também podem aderir ao swag, com algumas adaptações no corte.

Embora possa parecer um cabelo que exige zero esforço, é imprescindível o uso de finalizadores. A escolha do produto vai depender da textura natural dos seus fios, já que os ondulados e cacheados só precisam de mais definição e volume na medida certa, enquanto os lisos precisarão ser modelados e conquistar mais volume. Em todos os casos, é importante levantar a raiz com o secador utilizando algum volumizador, mesmo que sua intenção seja deixar o cabelo secar ao natural.

No caso de ter cabelos originalmente ondulados, os sprays de beach waves são uma boa pedida para texturizar! Já quem tem as madeixas cacheadas deve usar produtos que modelem e definam os cachos sem pesar, pois movimento e balanço são essenciais no estilo.

Swag hair inspira liberdade e personalidade, mas pode extrapolar as barreiras da rebeldia para alguns. Gosto da ideia, mas o que me assusta mais é cortar a franja curta novamente e deixar secá-la ao natural. Digo isso pois, dona de fios naturalmente ondulados (que enrolam nas pontas), foi difícil abrir mão da escova, só consegui quando deixei a franja crescer, como está atualmente. Se não fizesse isso, meu cabelo era swag na certa, sem tirar nem por – e eu achava super estranho (apesar de me divertir na frente do espelho, brincando de “Anos 70”). Por isso, fico em dúvida e curiosa para saber se me adaptaria agora uma franja curta cacheada bem no meio do meu rosto. Quem sabe…

Você curte?