Mais um Natal se aproximando… mais uma opção de decoração natalina aqui em casa!

A árvore de Natal na parede com pisca-pisca já virou uma tradição aqui em casa. Como já contei num post com a decoração de um ano anterior, não há espaço de sobra para uma árvore volumosa, mas ficar sem ela nunca foi uma opção aqui para nós. Agora, a cada ano, penso num estilo diferente para montá-la.

Continuo prendendo o pisca-pisca com durex na parede e eles continuam segurando o enfeite direitinho até janeiro, sem problema algum. Algumas pessoas preferem utilizar pregos para tal fim, mas como o durex continua funcionando sem deixar nenhuma marca nem arrancar tinta na hora de remover, vou permanecer utilizando o produto.

A única novidade é que optei pelo modelo de luzinhas a pilha, para não ter que ligá-las na tomada dessa vez. Numa próxima, certamente tentarei usar o famoso fio fada, um cordão de cobre com luzes de led, mais leve, fino e rígido, por isso mais  fácil de modelar.

Gostou? Mais ideias de árvores de Natal para decorar espaços pequenos você encontra neste post aqui.

Estamos em novembro e o clima natalino já começa a aparecer, junto com a vontade de decorar a casa. E uma bela árvore não pode faltar. Mas e se faltar espaço? Uma pedida bem legal é fazer uma árvore de Natal na parede de pisca-pisca. Eis a minha:

Na verdade, pra esse ano eu ainda não fiz a decoração, essa é a do ano passado. Mesmo assim, tá valendo como ideia, né? No meu apê, a sala e a cozinha são no estilo americano, então o que enfeita um acaba enfeitando os dois ambientes.

Na montagem, algumas pessoas utilizam pregos para fixar o pisca-pisca na forma de zig zag. Como minha parede é de lousa, optei por algo que não fosse deixar marcas após ser removido e nem aparecer, tirando a graça do enfeite: fita adesiva transparente (o famoso durex). Tive que caprichar na aplicação para segurar o peso dos fios, principalmente nos vértices. Pra minha felicidade, aguentou de novembro à janeiro de maneira intacta!

A estilização foi fácil. Como queria algo mais simples e minimalista, desenhei as linhas com giz, só para guiar a aplicação do pisca-pisca. Não apaguei as linhas guias, pois o resultado é legal também com as luzes desligadas. Esse ano talvez eu faça uma árvore maior, comprando um pisca-pisca mais comprido (esse era um dos tamanhos mais curtinhos do mercado).

Se quiser ver mais ideias de árvores de Natal para decorar espaços pequenos, este post aqui está cheio de inspirações.

Preparada para temporada de fim de ano?

Que coisa mais gostosa que é falar de decoração! Ainda mais com a dica de hoje, que é um estilo que está super em alta e eu amo de paixão.

Você já deve ter ouvido falar sobre o estilo de decoração industrial. Surgiu lá entre os anos 60 e 70, quando nas grandes cidades os espaços ociosos dos antigos galpões, estúdios e fábricas do século XIX e início do XX foram adaptados para virar moradia. Naquela época tudo aconteceu bem naturalmente, mas o resultado foi tão charmoso que invariavelmente acabou se tornando referência.

gostei-e-agora-estilo-industrial-decoracao

Sendo fiel à origem, os pontos-chaves da decoração industrial são: acabamentos em concreto; tijolos aparentes; tábuas de madeira crua; pendentes com lâmpadas expostas; azulejo de metrô (Subway Tiles) com rejunte escuro; canos, tubulações e vigas aparentes; metal galvanizado; acessórios em cobre; iluminação no estilo fábrica (trilhos, holofotes e etc).

Apesar do estilo ter surgido em lofs (espaços sem parede), tudo isso também funciona e fica perfeito nos mais variados cômodos, como sala, cozinha, quarto, escritório, banheiro, varandas e o que você mais imaginar. As fotos não me deixam mentir:

Salas

gostei-e-agora-decoracao-industrial-sala-03

gostei-e-agora-decoracao-industrial-16

gostei-e-agora-decoracao-industrial-09

Objetos rústicos escolhidos a dedo só agregam mais personalidade à decoração industrial, especialmente se tiverem jeitinho de terem sido teletransportados diretamente do século XIX e início do XX para os dias de hoje.

Só tome cuidado para não usar absolutamente tudo retrô, para que o ambiente não fique com uma cara datada. Objetos contemporâneos criam o balanço necessário para que sua casa não fique parecendo um museu ou um local antigo que não foi atualizado.

Cozinhas

gostei-e-agora-decoracao-industrial-cozinha-12

gostei-e-agora-decoracao-industrial-cozinha-18

gostei-e-agora-decoracao-industrial-cozinha-10

A cozinha é o ambiente ideal para se abusar do metal e de outros elementos típicos do estilo, como os azulejos de metrô (temas desse post), parede de lousa e pendentes com lâmpadas expostas ou do tipo holofote.

Quartos

gostei-e-agora-decoracao-industrial-quarto-02

gostei-e-agora-decoracao-industrial-quarto-04

gostei-e-agora-decoracao-industrial-quarto-26

Não tenha medo de usar concreto como acabamento ou deixar tijolos e tubulações expostas, mesmo no quarto. Certamente, o resultado será super autêntico. Se quiser fugir do visual sóbrio e monocromático, capriche nas cores, nas estampas e na escolha dos objetos de decoração, como porta-retratos, quadros, cobertas, travesseiros e almofadas. Eles é que irão fazer a diferença e deixar o local ainda mais com a sua cara!

Banheiros

gostei-e-agora-decoracao-industrial-29

gostei-e-agora-decoracao-industrial-29

gostei-e-agora-decoracao-industrial-banheiro-06

O interessante de se fazer um banheiro (ou lavabo) com decoração industrial é que esse é o cômodo que permite que todos elementos do estilo sejam usados ao mesmo tempo e sem moderação, criando um ambiente que parece ter saído de um filme de época. Não é preciso temer criar um visual datado, já que neste caso pode ser justamente esta a intenção: remeter a uma época extremamente próspera e luxuosa.

Até mais simples desses banheiros é o mais elegante que já vi! <3