Você compra aquela linda e desejada correntinha, em ouro ou prata, para que dure bastante. E ela se torna um acessório inseparável, daqueles que você não tira nem para dormir! Aí, num belo dia nota que sua joia não está mais tão bonita e reluzente como no começo. Até mudou de cor. E agora?

Calma que tem jeito de deixá-la como nova, novinha em folha… e eu vou ensinar agora!

Por que isso acontece?

Primeiro, vamos entender o que causa esse problema nos metais em geral, inclusive na prata e no ouro: é um processo natural chamado oxidação. O oxigênio presente no ar reage com as moléculas do metal, gerando esse aspecto o escurecido na superfície da joia. Alguns hábitos aceleram esse processo, como o contato com produtos de limpeza, cosméticos em geral (sabonetes, hidratantes, perfumes, colorações de cabelo e etc) ou o próprio suor da pessoa, que para alguns pode ser mais ácido. Por isso, é recomendado tirar as joias no banho e ao entrar em piscinas – ou até evitar usá-las ininterruptamente, minimizando o contato com essas substâncias.

A boa notícia é que em metais nobres o processo de oxidação é reversível. É só limpá-las! A seguir, veja as maneiras caseiras mais comuns de limpar suas joias, dependendo do material em que foi confeccionada.

Como limpar correntes de prata

A forma mais simples de limpar sua corrente ou outra joia de prata é utilizando bicarbonato de sódio. Basta 1 colher de sopa em 200 ml de água. Coloque a solução em uma panela junto com sua correntinha e ligue o fogo. Assim que começar a ferver, desligue o fogo e deixe a corrente de molho. Aí, é só retirar quando a água ficar morna, para enxugar e secar.

Continue lendo >>

Que pretinho básico, que nada! O vestidinho que muita gente irá quer ter até o próximo inverno (eu já quero agora) é o… brocado estilo barroco! Nada mais rico do quem um vestido feito num tecido que parece ter sido bordado com fios de ouro (muito ouro, gente!).

(Fotos: Dolce & Gabbana Fall 2012, Anastasia Siantar, Isa e Asos. Produtos: 1.River Island 2.Next 3.Dolce & Gabbana 4.River Island)

É maravilhoso, não é? E se a estampa for espelhada, mesmo o modelo sendo mais justinho, pode ser que favoreça até as mais cheinhas. Apesar da modelagem “bodycon” ser a mais cotada, para nossa alegria os mais rodadinhos embaixo também estão nessa (assim como saias, calças, jaquetas, sapatos – e até meias, hehehe)!

Ah, sim… alguns deles têm tecido plano, com estampa engana-olho que imita o brocado já outros são bordados de fato! O que importa é o efeito de riqueza, independente da técnica usada!

E pensar que antigamente isso devia ser feito com fios de ouro mesmo… aiaiai!

Tudo bem que a notícia é velha pois essa coleção foi lançada pela Vivara no final do ano passado, mas não posso deixar de comentar agora mesmo o quanto eu gostei!

Brincos, colares e pulseiras confeccionados com lantejoulas de ouro! Muito “ryco”, não é?

O brinco com uma única lantejoula custa R$ 650,00. Um pouco mais salgado do que uma lantejoula no armarinho da esquina, não é não?

… falando em armarinho da esquina, acho que fica super fácil de fazer algo parecido em casa. Você só precisa de um saquinho com lantejoulas douradas, de boa qualidade, que não deve custar mais do que 1 real… fio de nylon (ou elástico), miçangas douradas e… criatividade!

Acho que vou tentar! Gostei dessa idéia de bijoux feitas com lantejoulas. Mesmo porque, nessa coleção da Vivara a situação se inverteu… não são as bijoux que imitam jóias. São as jóias que parecem bijoux.