Se tem uma coleção que resume bem as tendências para bolsas do Inverno 2018 é a da Smart Bag. Os principais hits da temporada se intercalam em seus modelos, na escolha de cores, materiais e design das criações.

O tempero é sexy como a temporada pede. E refinado, combinando perfeitamente com os looks caprichados e cheios de classe da estação mais fria.

Mini Bags

Quanto menores, melhor! Perfeitas para quem gosta de carregar só básico, dão um aspecto gracioso e leve ao look.

Bolsa Box

As bolsas rígidas, em formato de caixa e com alça de mão, aparecem não só no formato quadrado como delicado arredondado.

Sou completamente encantada por elas!

Vermelho

Definitivamente, vermelho é a cor do Inverno 2018 e não poderia ter deixado de aparecer em inúmeros modelos da Smart Bag.

Correntes

Item clássico no mundo das bolsas, agora são utilizadas para dar um peso visual super bem-vindo nos looks invernais.

Verniz

Sexy e sofisticado, é a textura com maior destaque na estação.

Não consigo me ver sem pelo menos um modelo de bolsa de verniz em meu armário, nas cores-chave preto e vermelho!

Ontem rolou o preview Renner Inverno 2018, no Espaço JK, em São Paulo. Com formato diferente das edições anteriores, em que uma infinidade de peças da nova coleção ficavam expostas para serem tocadas e fotografadas, agora o evento é mais restrito, no formato de desfile.

Mesmo assim, ainda dá para mostrar bem a cara do inverno da marca. Para isso, utilizarei fotos do desfile e mais algumas que fiz das minhas peças favoritas, na própria loja. Lá vai:

Começo logo com esse look lindo do conjuntinho em alfaiataria e a bota over the knee vermelha de verniz. Ele resume bem algumas das tendência mais promissoras da temporada: alfaiataria descontruida, xadrez príncipe de gales, calçados em verniz e com detalhes emprestados do universo esportivo.

Branco, preto, vermelho e cinza sem dúvida são as cores do momento e continuarão sendo destaque no próximo inverno.

O universo esportivo, já presente na moda do dia a dia, aparentemente agora terá seu momento de ouro, com suas características listras, materiais e modelagem, sendo várias vezes mixado com outras vertentes, como alfaiataria e peças delicadas.

Além do príncipe de gales, outras padronagens de xadrez estão em evidência, como o tartã, o checkerboard, o vichy, pied de poupe e o windowpane.

Estão em alta as peças feitas com tecido preto brilhante, daquele tipo que dá impressão de estar molhado, como o das famosas wet leggings. Mas não precisa ser necessariamente de lamé. Cetim, couro, veludo cristal, tafetá, vinil, nylon e vários outros tecidos podem dar esse efeito desejado, inclusive os cobertos por paetês. Vejam só alguns exemplos:

Definitivamente, brilho é fundamental. Caimento também. Quanto mais aparência líquida tiver, melhor, com movimento e leveza. Acho lindos os vestidos que de certa maneira moldam o corpo, ficam tão sensuais!

Vocês gostam desse tipo de tecido? Eu os acho ótimo para sair à noite!