Chatterbox: Rosa Neutro Queridinho da MAC!

Hoje vou mostrar um dos batons mais conhecidos da MAC, o rosa Chatterbox:

O Chatterbox faz sucesso porque, apesar de se destacar nos lábios, é suave e discreto. Chama atenção sem “gritar”! E a tonalidade de rosa dele não é nem muito azulada nem amarelada. É rosa (e ponto final!).

Fica assim:

Muito fofo! E vai com tudo, desde um olhão escuro até um make nada!

O acabamento dele é o Amplified Crème, com cobertura 100% e bastante cremosidade. Apesar de cobrir mais que o Speed Dial (outro rosinha mais neutro da MAC, que é Creemesheen), é mais claro que o mesmo! A duração é excepcional, mesmo porque a tonalidade mais natural ajuda bastante nisso!

[Continue a ler este post!]

O Maravilhoso Love Test, da Sephora Collection!

Hoje venho por meio desta (ou deste, no caso, blog – hehehe) apresentar o batom mais lindo que usei nos últimos tempos: Love Test – 11, da linha Rouge Cream Lipstick, da Sephora Collection:

Um pink azulado profundo maravilhoso, do tipo “morri”, sabe? Daqueles que você vê e jamais esquece!

 

Dá sim para chamar a cor de fúcsia! De fúcsia intenso! Não é lindo de morrer?

Diria que ele é uma versão sem cintilância do Show Orchid da MAC, mas tem o mesmo (lindo!) fundo azulado. Aliás, é o que o difere do Girl About Town, também da MAC: ambos são fúcsias e bem fortes, mas o Love Test parece ser ainda mais azulado, puxando de leve para o violeta.

O acabamento do batom é cremoso. A cobertura é incrivelmente perfeita, 100% logo na primeira passada. A duração é super digna, já o passei há umas 4 horas, tomei água, comi e tudo mais e ele está aqui, quase sem falhas (só no centro dos lábios)! O cheirinho é uma delícia, bem levinho, lembra “sagu de uva” (eu e minhas comparações olfativas malucas, hahaha!). Tá, para ser mais específica, é do tipo do cheirinho da linha Intense da Boticário (que é muito gostosinho!)

[Continue a ler este post!]

Mais dicas de Automaquiagem, com Vanessa Rozan!

Como pedido, irei continuar o post que fiz há alguns dias, sobre a maravilhosa aula de automaquiagem que fiz com a top maquiadora Vanessa Rozan, à convite da Risqué. Pretendo repassar mais algumas dicas valiosas para vocês (ao meu entendimento, é claro)!

Pele

  • Vanessa nos ensinou que, para ter melhor controle da quantidade utilizada, afim de evitar exageros, não é aconselhável aplicar os produtos diretamente na pele. Utilize como palheta o dorso da mão (se for destra, use a mão esquerda e vice-versa). Trabalhe com pequenas quantidades dos produtos e use pincéis para espalhá-los no rosto.
  • Sempre utilize um hidratante compatível com sua pele antes de aplicar a maquiagem, na pele limpa, obviamente. O hidratante melhorará consideravelmente o acabamento e a duração do make. Nos lábios, não esqueça de aplicar um balm!
  • O primer, como o nome diz, vem primeiro. Aplique com o pincel de base, antes da mesma! Ele ajuda a esconder imperfeições como linhas finas e poros abertos (odeio!). A pele fica preparada e uniforme para receber a maquiagem!

Base

  • Na hora de escolher a cor exata, é aconselhável testar no colo, próximo ao rosto - e não na parte interna do pulso, como costumamos aprender. Passe uma pequena quantidade das possíveis cores na região e escolha a que mais desaparece na própria pele.
  • Sempre aplique o produto do centro do rosto para fora.

Olhos

  • Na hora de maquiar os olhos, o seu melhor aliado é o espelho de mesa, inclinável. Ele propicia maior precisão na hora de realizar os movimentos e melhor ângulo de visão da área a ser maquiada.
  • Ao optar por fazer olhos mais pesados ou esfumados, sempre comece por eles, pois a probabilidade de cair sombra e outros materiais escuros abaixo dos olhos dos é muito alta. Assim, fica mais fácil de remover os excessos e corrigir essa área posteriormente.

Esfumado:

  1. Comece o esfumado aplicando lápis (marrom ou preto) em toda pálpebra, de maneira despretensiosa. O desenho servirá como base para a maquiagem durar melhor e o acabamento será dado posteriormente, portanto, não se preocupe em fazer tudo retinho e certinho! Não é necessário ir até o canto interno das pálpebras (nesta área, ao final do processo, será aplicado iluminador)!
  2. Passe lápis na linha d’água inferior e na raiz dos cílios, do canto externo somente até o centro dos olhos. Não puxe muito a pele nessa hora!
  3. Passe um pincel em movimentos de vai-e-vem na área do côncavo, para tirar o marcado do lápis na pálpebra e na raiz dos cílios inferiores (neste último caso, levando um pouco da cor até o canto interno dos olhos).
  4. Aplique a sombra mais escura sobre a área escurecida pelo lápis, com leve batidinhas para fixar (não arraste!). Por enquanto, não se preocupe em limpar o que caiu debaixo dos olhos.
  5. Com o pincel para côncavo, aplique um marrom mais claro na região, sempre observando seus limites reais no espelho de mesa, com o queixo levantado. Faça movimentos repetidos de vai-e-vem para não deixar a região marcada.
  6. Tire todo excesso de sombra que caiu onde não devia, com um cotonete com demaquilante. 

Pronto! Agora sim parta para a pele, começando pelo primer, seguindo para a base e o corretivo. Cuidado para não desfazer a maquiagem dos olhos no processo!

[Continue a ler este post!]