Espelho da Beleza O Boticário – qual o assunto do momento?

Eu não saio da internet, você provavelmente também. Quem consegue desconectar hoje em dia? E, com a mulherada toda na internet, é claro que beleza é um dos assuntos mais comentados da rede.

E se pudéssemos descobrir exatamente qual é o assunto referente a beleza em evidência no momento? Será sobre pele? Ou algum tipo específico de penteado ou cor de batom?

O Boticário teve a genial e criativa ideia de criar uma ferramenta que monitora em tempo real quais são os tópicos de beleza que estão dando o que falar e imediatamente entrega conteúdo relativo a esta demanda, com links para matérias do portal Viva Linda. E, para facilitar, os assuntos aparecem ranqueados, o mais comentado sempre tem o maior destaque.

Isso facilita demais a vida de quem quer estar por dentro dos burburinhos de beleza mas não consegue acompanhar o volume de informações gerados a cada segundo pelas redes sociais. Cá entre nós, com tanta interatividade, acho que isso inclui todo mundo!

O nome dessa ferramenta é Espelho da Beleza. Ela está disponível gratuitamente para qualquer um que a queira usar. É só entrar e surfar! O monitoramento é feito 24h por dia no Twitter, Facebook, Instagram, Google+ e Youtube.

O que está dando o que falar? Descubra no Espelho da Beleza!

Batom MAC Heroine – swatches

Sou tão louquinha por batom roxos que até fiz um guia sobre o assunto anos atrás no blog. Porém, se tinha um deles que eu não possuía (e acho que nem existia ainda, hehehe) e morria de vontade de ter é o Heroine, da MAC.

Por quê? O bichinho é roxo para valer, gritante! E ainda é matte.

Até já tinha um dos roxos mais bonitos da MAC, o Violetta, só que ele tem um pouco de cintilância e ainda é avermelhadinho demais da conta. O Go for it! já é super azulado, porém transparente e cintilante. O Heroine é o roxo na medida certa.

gostei-e-agora-mac-heroine-swatch-04

O tom é uma coisa de louco! Roxo azulado e vibrante, indiscutivelmente, sem puxar para o vinho nem para o berinjela.

No entanto, mais parece mais uma “briga harmônica” entre uma base bem magenta e uma camada intensa de violeta azulado, que disputam entre si qual irá se destacar mais perante cada iluminação ambiente ou tom de pele. Na swatch de braço acho que isso fica bem perceptível.

gostei-e-agora-mac-heroine-swatch-02

Na minha boca, o que mais gritou foi o azulado do batom, apesar do lado magenta ainda estar bem evidente.

gostei-e-agora-mac-heroine-swatch-03

A cobertura é perfeita, pigmentação mega intensa. O cheirinho é aquele típico de baunilha presente em todos os batons da marca. O que me decepcionou um pouco foi o acabamento, esperava que o batom ficasse pelo menos um pouco mais sequinho e sem brilho, por ser matte. Na realidade, ficou entre o matte e o cremoso.

As fotos foram feitas sem flash e sem lip balm ou hidratante (para não interferir na percepção do acabamento).

gostei-e-agora-mac-heroine-swatch-05

Mesmo assim, ele é belíssimo!

O Heroine custa R$ 66,00 na MAC brasileira, inclusive online. No entanto, frequentemente o estoque se esgota. O meu comprei em Londres.

O que você acha do Heroine? Usaria?

De cara limpa! #‎stopthebeautymadness

Hoje estou fazendo um post que jamais imaginei que fosse fazer para o blog um dia. Fotos totalmente sem maquiagem e sem filtro algum. Fui desafiada pelas amigas dos blogs Cabideiro e Passaneura a realizar esta tarefa, numa campanha bem legal, #stopthebeautymadness (Pare a Loucura da Beleza) e cá estou fazendo. E, ao contrário do que sempre acreditei, não foi tão difícil o quanto imaginei. A sensação de liberdade supera qualquer coisa!

E para provar que estou corajosa, você não vai ver só uma foto minha sem maquiagem e sem filtro. Vai ver várias! Hahaha!

gostei-e-agora-de-cara-limpa-stop-the-beauty-madness-02

Bom, essa sou euzinha, acordo com essa cara aí. Não estou usando nenhuma make mesmo, inclusive aquela maquiagem “engana bofe”, trabalhada na paleta dos nude, que as mulheres usam para parecer que estão sem maquiagem (e acabam fazendo as amigas do delineador e batonzão parecerem “as artificiais”). E olha que sofri para tirar os resquícios de lápis preto dos olhos. Acho que usei por tanto tempo seguido que impregnaram em mim, hehehe!

Aposto que meus familiares e próximos devem estar chocados com essa minha postagem, pois sou daquelas que não vai nem até a padaria sem batom. Eu amo batom, o colorido que ele dá, expressa muito da minha personalidade? Sim! Mas não vou negar que, muitas vezes faço isso só pelo medo de sair na rua com a cara totalmente limpa. O batom é meu escudo. E isso está um tiquinho errado, não? Não deveria me sentir obrigada a vestir escudo algum para ir a lugar nenhum.

gostei-e-agora-de-cara-limpa-stop-the-beauty-madness-03

gostei-e-agora-de-cara-limpa-stop-the-beauty-madness-09

Confesso que provavelmente essas foram as primeiras fotos sem maquiagem que tive coragem de tirar desde que virei “mocinha”. Triste, né?

E esses é um dos motivos pelo qual o movimento “Stop The Beauty Madness” foi criado, para que mulheres como eu parassem com essa bobeira e se aceitassem. O universo feminino inteiro está intoxicado por maquiagem. O que acontece é que muitas vezes vemos aquelas mulheres maravilhosas e intocáveis nas capas de revista e não queremos nos sentir intimidadas. Mas esquecemos que elas também estão utilizando todos os recursos para extrair o melhor que puderem da sua imagem. Elas também são gente e usam óculos escuros gigantes num desembarque internacional, pois também têm o mesmo receio que nós de aparecer com a maquiagem zoada (ou sem ela) após horas de voo, ainda mais na frente das câmeras. A pressão surge lá no topo e chega até nós mortais de forma tão massacrante o quanto. O que esquecemos é que todo mundo é mortal.

gostei-e-agora-de-cara-limpa-stop-the-beauty-madness-06

gostei-e-agora-de-cara-limpa-stop-the-beauty-madness-07

Mas calma, de maneira alguma digo que sou contra maquiagem. Eu sou é super fã, pois adoro as possibilidades de brincar com formas (como no uso da sombras e dos delineadores) e cores (principalmente nos lábios). Gosto de trocar de maquiagem como troco de roupa. Seria entediante se olhar no espelho todo dia com a mesma cara, né? O que é preocupante é o uso de maquiagem como máscara. E estou falando isso para eu mesma, que preciso trabalhar isso de uma maneira mais intensa dentro de mim.

E sou fã sim, de usar a maquiagem para realçar o que você tem de mais bonito. Por que não? O que não é legal e sadio é se condicionar a só fazer certas coisas se você estiver usando o artifício. Lembre-se: por trás de toda maquiagem, só existe gente como a gente. E gente tem poros, marquinhas, olheiras, acne. É humano.

gostei-e-agora-de-cara-limpa-stop-the-beauty-madness-10

gostei-e-agora-de-cara-limpa-stop-the-beauty-madness-04

Vamos nos permitir!

E você? Qual sua relação com o uso (ou não) da maquiagem?