De vez em quando é bom resumir num artigo todos os erros frequentes que se fazem num make up: são pequenas mas boas dicas que podem ajudar no aperfeiçoamento da sua maquiagem! 

Os erros nos quais precisamos prestar atenção são 3, dois com referência ao corretivo e um às sobrancelhas. São erros muito comuns, por isso neste artigo iremos explicar o motivo graças à colaboração da Escola Nacional de Maquiagem. Aliás, como nos contaram os professores da ENM, os alunos de um curso de maquiagem profissional, futuros profissionais, muitas vezes cometem estes erros.

Corretivo claro demais 

Este é um dos erros que se comete comumente: não se trata somente de um erro na escolha da tonalidade certa. Muitas vezes, compramos um corretivo muito mais claro do nosso tom de pele para obter um efeito contouring e iluminar o rosto em algumas partes, como por exemplo a parte abaixo dos olhos. 

Essa técnica não é totalmente errada entretanto fica assim do momento em que a cor do corretivo é diferente demais em comparação à pele. Neste caso, você não obterá somente uma base pouco natural mas também irá evidenciar os olheiras que ficarão acizentadas. Os métodos certos para solucionar este problema são dois: primeiro escolher um corretivo de apenas meio tom mais claro, segundo escolher um corretivo da mesma cor (pois cobrirá melhor as olheiras) e depois passar um corretivo iluminador.

Sobrancelhas “altas” demais 

As sobrancelhas têm uma forte influência sobre o seu visual e sobretudo sobre seu olhar. O problema é que às vezes se exagera acentuando demais este traço, obtendo um resultado desagradável como na foto.

Para evitar cometer este erro seria bom seguir sempre a linha natural das sobrancelhas, sem aumentar muito o volume. 

Corretivo mal aplicado 

Quase sempre o instinto é aquele de cobrir exclusivamente a imperfeição, ou seja a olheira. Isso é certo se usarmos um corretivo colorido (por exemplo amarelo ou laranjado). Ao contrário, se usarmos um corretivo do tom da pele, seria melhor não se limitar a cobrir a olheira mas aplicar o produto na zona inteira.

Desenhe um triângulo, sendo a base a sua pálpebra. Isso vai servir não só para iluminar esta parte do rosto mas também para dar luz ao olhar e ao rosto inteiro. 

Gostou das dicas?

Minha maior dificuldade está em não exagerar na quantidade de corretivo e em não errar no tom. E a sua?

16/10/2019

Um lançamento que está fazendo bastante sucesso é o da Água Micelar L’Oreal, uma solução de limpeza para a pele 5 em 1, sem enxágüe. Água micelar é um produto ideal para purificar a pele e remover a maquiagem sem agredi-la, devido a sua fórmula não oleosa e suave, leve e límpida como a água.

gostei-e-agora-agua-micelar-l'oreal-solucao-limpeza-pele-01

Uma das vantagens da Água Micelar da L’Oreal em relação a outras de seu tipo é o preço, mais em conta do que o da maioria das marcas importadas. Outra vantagem é o fato de ter sido formulada especialmente para a pele da brasileira.

O mecanismo de funcionamento é por meio das micelas, as moléculas que dão o nome a solução. Elas atraem e captam a sujeira como um ímã, englobando e retirando as impurezas, sem a necessidade de enxágue e sem a agressão da pele.

gostei-e-agora-agua-micelar-l'oreal-solucao-limpeza-pele-02

Pode ser usada no rosto todo, incluindo olhos e lábios. Não serve somente para remover a maquiagem, pois limpa, purifica, suaviza e reequilibra a pele, tal como um tônico faria. Aliás, é uma ótima substituta para o mesmo, já que é mais suave. No mais, não contém álcool, corantes, parabenos e perfumes (é totalmente sem cheiro).

A indicações de uso fornecida pela marca é aplicá-la pela manhã e pela noite, sobre um algodão.

gostei-e-agora-agua-micelar-l'oreal-solucao-limpeza-pele-03

Testei para remover a maquiagem e fiz uma demonstração, pegando como exemplo lápis preto e batom intenso de tom vibrantes, dois itens geralmente bem chatinhos de se limpar. Eis o resultado:

gostei-e-agora-agua-micelar-l'oreal-solucao-limpeza-pele-04

Após uma leve passada de algodão, sem esfregar ou fazer qualquer esforço, grande parte da maquiagem já foi embora. No entanto, para remover toda maquiagem sem deixar resquícios, foi necessário um pouco mais de paciência e insistência na aplicação do algodão na pele. Esfreguei sem fazer força, praticamente só encostando o algodão na pele, mas tive que esfregar bastante!

gostei-e-agora-agua-micelar-l'oreal-solucao-limpeza-pele-05

No geral, gostei bastante do resultado, pois a pele ficou bem limpinha e sem oleosidade, o que me desagrada demais em demaquilantes bifásicos ou cremes demaquilantes. E achei super mais prático, pois um produto só já limpa e demaquila, sem a necessidade de enxaguar ou removê-lo. Melhor ainda: com a garantia de que a pele naturalmente oleosa não irá acordar cheia de espinhas no dia seguinte (sim, comigo acontece dependendo do demaquilante!).

Outro fator importantíssimo é que não irritou meus olhos. Eles são super sensíveis e a maioria dos demaquilantes, por mais cuidado que tomasse para não cair nada dentro, acabava por deixando-os vermelhos. Um alívio me livrar disso!

Continue lendo >>

Hoje estou fazendo um post que jamais imaginei que fosse fazer para o blog um dia. Fotos totalmente sem maquiagem e sem filtro algum. Fui desafiada pelas amigas dos blogs Cabideiro e Passaneura a realizar esta tarefa, numa campanha bem legal, #stopthebeautymadness (Pare a Loucura da Beleza) e cá estou fazendo. E, ao contrário do que sempre acreditei, não foi tão difícil o quanto imaginei. A sensação de liberdade supera qualquer coisa!

E para provar que estou corajosa, você não vai ver só uma foto minha sem maquiagem e sem filtro. Vai ver várias! Hahaha!

gostei-e-agora-de-cara-limpa-stop-the-beauty-madness-02

Bom, essa sou euzinha, acordo com essa cara aí. Não estou usando nenhuma make mesmo, inclusive aquela maquiagem “engana bofe”, trabalhada na paleta dos nude, que as mulheres usam para parecer que estão sem maquiagem (e acabam fazendo as amigas do delineador e batonzão parecerem “as artificiais”). E olha que sofri para tirar os resquícios de lápis preto dos olhos. Acho que usei por tanto tempo seguido que impregnaram em mim, hehehe!

Aposto que meus familiares e próximos devem estar chocados com essa minha postagem, pois sou daquelas que não vai nem até a padaria sem batom. Eu amo batom, o colorido que ele dá, expressa muito da minha personalidade? Sim! Mas não vou negar que, muitas vezes faço isso só pelo medo de sair na rua com a cara totalmente limpa. O batom é meu escudo. E isso está um tiquinho errado, não? Não deveria me sentir obrigada a vestir escudo algum para ir a lugar nenhum.

gostei-e-agora-de-cara-limpa-stop-the-beauty-madness-03

gostei-e-agora-de-cara-limpa-stop-the-beauty-madness-09

Confesso que provavelmente essas foram as primeiras fotos sem maquiagem que tive coragem de tirar desde que virei “mocinha”. Triste, né?

E esses é um dos motivos pelo qual o movimento “Stop The Beauty Madness” foi criado, para que mulheres como eu parassem com essa bobeira e se aceitassem. O universo feminino inteiro está intoxicado por maquiagem. O que acontece é que muitas vezes vemos aquelas mulheres maravilhosas e intocáveis nas capas de revista e não queremos nos sentir intimidadas. Mas esquecemos que elas também estão utilizando todos os recursos para extrair o melhor que puderem da sua imagem. Elas também são gente e usam óculos escuros gigantes num desembarque internacional, pois também têm o mesmo receio que nós de aparecer com a maquiagem zoada (ou sem ela) após horas de voo, ainda mais na frente das câmeras. A pressão surge lá no topo e chega até nós mortais de forma tão massacrante o quanto. O que esquecemos é que todo mundo é mortal.

gostei-e-agora-de-cara-limpa-stop-the-beauty-madness-06

gostei-e-agora-de-cara-limpa-stop-the-beauty-madness-07

Mas calma, de maneira alguma digo que sou contra maquiagem. Eu sou é super fã, pois adoro as possibilidades de brincar com formas (como no uso da sombras e dos delineadores) e cores (principalmente nos lábios). Gosto de trocar de maquiagem como troco de roupa. Seria entediante se olhar no espelho todo dia com a mesma cara, né? O que é preocupante é o uso de maquiagem como máscara. E estou falando isso para eu mesma, que preciso trabalhar isso de uma maneira mais intensa dentro de mim.

E sou fã sim, de usar a maquiagem para realçar o que você tem de mais bonito. Por que não? O que não é legal e sadio é se condicionar a só fazer certas coisas se você estiver usando o artifício. Lembre-se: por trás de toda maquiagem, só existe gente como a gente. E gente tem poros, marquinhas, olheiras, acne. É humano.

gostei-e-agora-de-cara-limpa-stop-the-beauty-madness-10

gostei-e-agora-de-cara-limpa-stop-the-beauty-madness-04

Vamos nos permitir!

E você? Qual sua relação com o uso (ou não) da maquiagem?

29/08/2014